A outra ( Another Woman) - Woody Allen

Continuando firme na decisão de assistir a mais filmes, inclusive os que tenho aqui em casa na função de acumuladores de poeira, hoje não pensei duas vezes e fui logo colocando " A Outra" de Woody Allen no dvd.

A personagem principal, Marion, é uma bem-sucedida professora de Filosofia altamente cerebral, controlada, sensata, que sempre pautou suas escolhas (de todas as ordens, inclusive afetivas) por critérios igualmente cerebrais, controlados e sensatos.Marion adora ter o controle das situações e até de si mesma.Se tranquiliza e se compraz nisso.E consegue fazê-lo magnificamente com tudo: com a carreira, com os casamentos, com a forma como se relaciona com as pessoas.Muito inteligente e extremamente racional, nunca é pega no contrapé.Até que, por acaso, a voz de uma paciente atormentada vinda da sala de um analista vizinho começa a fazê-la reavaliar suas posições e até mesmo sua própria personalidade.Sem frequentar ela mesma o consultório de um analista, apenas pegando carona na análise alheia que consegue ouvir graças a uma falha no sistema de isolamento de som, Marion consegue o que seria o objetivo de uma psicanálise bem sucedida de vários anos:alcançar altíssimo grau lucidez, auto-percepção e auto-honestidade sendo capaz de desvendar mentiras tão bem contadas a si mesma que jamais teriam sido colocadas em dúvida e, uma vez consciente disso, ser capaz de efetuar as mudanças( radicais) necessárias num desconstruir-se e construir-se novamente de forma mais genuína.

Auto-terapia admirável,invejável e em ( pasmem!)apenas 81 minutos! Clapt clapt clapt!

2 comentários :

Fegalves disse...

Vi poucos filmes do Woody Allen... me interessei por esse.

bjs

Maxmilian do Valle Ziegelmüller disse...

Sou grande fã do Woody, por isso meu comentário segue a sua linha de pensamento: Muito bom.