Manicure pra que te quero?!

Reza a lenda que a minha mãe, no curto espaço entre o falecimento súbito e inesperado de meu pai e o enterro, achou tempo de ir à manicure pela segunda vez na mesma semana. Estava em estado que choque, tinha ficado até sem voz, mas deu um jeito. O que não poderia conceber era ser uma viúva de longas unhas escarlate. A ocasião pedia sobriedade.

Herdeira incontestável do DNA materno, já perambulava saltitante em salões de beleza desde a mais tenra idade, apenas me contendo de sair mexendo nos incontáveis frascos coloridos pelo efeito paralisante do olhar de minha mãe.Anos mais tarde, adolescente roedora de unhas, fui reabilitada graças a duas idas semanais à manicure, para retirada de qualquer anteprojeto de cutícula que pudesse sonhar em aparecer.

Com tal histórico, me viciei gravemente. Frequentei até ano passado, sempre com fervor e regularidade religiosas. Nem em meu sonho mais delirante poderia supor que me tornaria a mulher de hoje: prestes a completar um ano sem fazer as unhas e indizivelmente satisfeita com isso.

5 comentários :

buscandoequilibrio.org disse...

Salão eu já não frequento há anos, mas faço minhas unhas eu mesma. Doei muuuuuitos esmaltes para uma amiga há um mês e fiquei só com uns 10 que gosto muito. Unha sem fazer me incomoda muito, mas sem fazer pra mim quer dizer sem cuticular porque eu tenho muita pele, fica encravando, desfiando, um horror. Nem sempre pinto, mas de vez em quando curto sim. Quando os esamltes preferidos acabarem, o plano é não comprar mais. Vamos ver :-)
Beijocas e feliz 1 ano!
Carla Pancha

Lud disse...

Ana, sabe o que eu achei melhor quando parei de fazer a unha? Foi ter o uso das minhas mãos de volta!
Não sei se você era assim, mas eu deixava de fazer uma série de coisas para não estragar o esmalte. Parece bobagem, mas não é!

Taimemoinonplus disse...

Carla:

Vc já experimentou hidratar intensamente as cutículas? Vc usa luvas pra lavar louça?


Lud:

Sim, sim, e sim, muitíssimo bem lembrado! =)

Andreia disse...

Oi Ana, que bacana isso! Parabéns pelo 1 ano! Quanto às unhas, eu mesma as faço, me livrei do compromisso semanal de ir ao salão. De verdade, eu nem curtia, só fazia porque no trabalho todas faziam e eu me sentia mal de ser diferente. Agora que estou começando a viver de forma simples, vejo que era uma bobeira minha mesmo!
Você parou de tirar cutículas? Como fez?
Eu estou parando, e tenho usado bepantol para hidratar as cutículas, tenho sido bom.

Taimemoinonplus disse...

Oi, Andreia!

Olha, parei de tirar cutículas sim...afinal os médicos mesmo não dizem que elas são a proteção das unhas e tals?! rs Pois é , demorou mas resolvi seguir as recomendações médicas! hehe ^^

Eu só corto raramente as pelinhas que levantam e olhe olhe...já usei muito bepantol e tb um creme chamado Mira cuticle- complexo redutor de cutículas da Avon.Hj em dia tenho usado o hidratante de mãos " normal" habitualmente.O da vez é o de limão siciliano da Granado.Sempre, mesmo no tempo da manicure, usei luvas para toda e qq tarefa doméstica.

Na verdade, acho que estou menos perfeccionista e procurando menos " pêlo em ovo" na unha e fora dela! rs